Pular para o conteúdo

Avantasia – Ghostlights

Esse não é um disco novo, na verdade foi lançado em 2016. Mas, como não somos um site comercial nada nos impede de falar de coisas mais antigas. Eu conheci o Avantasia no primeiro disco do projeto. Tobias Sammet, que era vocalista da banda Edguy, fez uma coisa que não era novidade. Juntou um monte de vocalistas e instrumentistas e gravou uma Opera Metal. A história era muito legal, carregada de Heavy Metal Melódico na sua concepção sonora, mas com uma pitada de clima medieval. A história, que tangia assuntos místicos, contribuiu para dar ao projeto uma aura mágica e marcar tanto o imaginário dos fãs. O disco era fenomenal e rendeu uma continuação, Avantasia - Part II, que também apresentou um material muito legal.

Depois disso outros discos apareceram, mas nenhum com a genialidade dos dois primeiros lançamentos. Para piorar, o dono do projeto descambou para uma pegada mais Hard Rock nos discos posteriores, o que contribuiu para que eu me afastasse do projeto. Nos últimos tempos Tobias Sammet tentou voltar ao mundo do Metal Melódico, mas mesmo assim a qualidade ainda era abaixo do que foi apresentado no início. Mas, ao que parece, alguma coisa mudou no reino encantado do Avantasia. Eu estava passeando pelo spotify e me deparei com a música Mystery of a Blood Red Rose  que está no disco Ghostlights que foi lançado em 2016 e é o sétimo álbum do projeto Avantasia.

E que música bacana. Logo coloquei o disco inteiro para rodar e já comprei uma cópia. Chegou ontem o meu CD e já foi reproduzido várias vezes aqui no aparelho de som. Arrisco a dizer que esse é o melhor disco do Avantasia desde o lançamento do primeiro volume. Como é de costume, o disco é conceitual e, na realidade, é uma continuação da história do disco anterior,  The Mistery of Time, que foi lançado em 2013. A saga acompanha um grupo de cientistas que tenta mudar as diferenças psicológicas entre os humanos para que não haja mais conflitos. Como de costume, cada vocalista interpreta um personagem na história.

O time de cantores é impressionante. Estão presentes  Jorn Lande , Michael Kiske (básico), Dee Snider (surpresa) , Geoff Tate , Marco Hietala e Ronnie Atkins , Sharon den Adel (já é freguesa)  e Bob Catley nos vocais. Nas guitarras encontramos  Bruce Kulick e Oliver Hartmann que fizeram um trabalho absolutamente fantástico nesse disco. Destaque também para o raivoso baterista Felix Bohnke. Uma boa obra de Heavy Metal Melódico com um clima muito mais sombrio do que tivemos em outros discos do projeto. Tobias Sammet interpreta o personagem principal e continua mandando muito bem como vocalista.

Os destaques do disco são a música de abertura Mystery of a Blood Red Rose, um heavy metal básico e bem competente, a longa e soberba Let the Storm Descend Upon You, a música que o nome ao disco, Ghostlights, a mística Lucifer, a pegajosa Draconian Love e a fodástica A Restless Heart and Obsidian Skies que fecha o disco com maestria.

Uma prova e que o álbum é muito bacana, e que não é apenas a minha opinião, o disco recebeu ótimas críticas ao redor do mundo e o foi a segunda vez que o Avantasia apareceu na  Billboard 200 dos Estados Unidos. Se você curte Heavy Metal Melódio, ou se já conhece o Avantasia, esse disco é feito para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.