Pular para o conteúdo

curso nu artístico

Provavelmente essa será a última realização do ano de 2017. Ministrar o curso de fotografia de nu artístico aqui na Oficina Cultural de Presidente Prudente sempre foi um sonho. O projeto foi enviado várias vezes nesses 10 anos que ministro aulas no projeto e agora foi aprovado. E melhor. É um curso de 20 horas de duração (bem mais extenso do que os cursos dos últimos anos) e totalmente gratuito. Agora, por conta das últimas mudanças nas políticas da Oficina Cultural, também temos à disposição a estrutura do Centro Cultural Matarazzo. Por um lado perdemos e por outro ganhamos.

O tema do curso é:A fotografia e o nu - elementos para utilização como expressão artística. E é isso mesmo que vamos realizar, um curso de nu artístico para projetos de ensaios fotográficos e fine art. Não trataremos de fotografia sensual comercial, apenas o artístico. O curso de nu artístico será dividido em 4 partes distintas.

A primeira delas é uma explanação teórica sobre a fotografia de nu artístico. O que a define entre tantos tipos de fotografia de nu, quais equipamentos utilizamos, tipos de luz, como escolher o modelo (a) para o projeto, como construir o planejamento necessário, a estética, composição e a direção de modelos.

A segunda parte do curso é dedicada a como encaixar a fotografia de nu em um projeto verdadeiramente artístico. Fotografar uma pessoa meramente sem roupa não classifica a sua imagem como sendo um objeto artístico. Então vamos classificar os nossos ensaios dentro de três categorias: as meramente estéticas, os ensaios fotográficos e a fotografia fine art (utilizaremos para isso a definição da Danny Bittencourt sofre fotografia fine art).

A terceira parte de nosso curso vai ser dedicado à fotografia na prática. Teremos uma modelo a disposição e essa parte prática terá dois momentos. O primeiro momento é um ensaio externo executado e dirigido por mim onde os alunos terão a oportunidade de ver como eu trabalho, como eu dirijo a modelo e como eu uso as principais fontes de luz que mais gosto. O segundo momento é dedicado á fotografia dos alunos e dos pequenos projetos que eles serão levados a desenvolver.

Por fim, a quarta parte do curso é voltada para seleção das imagens (curadoria) que foram executadas na aula prática e uma pequena mostra de edição de imagens no programa Adobe Photoshop Lightroom.

O curso vai se realizar nos dias 02, 09 e 10 de dezembro de 2017 no Centro Cultural Matarazzo de Presidente Prudente. Teremos 20 vagas disponíveis e as inscrições podem ser feitas através do e-mail oficinasculturaispp@gmail.com.

Todo mundo que me conhece sabe que adoro fotografar Dança do Ventre. Foi no estúdio de dança da Shaia Zurah que comecei a desenvolver meu olhar para essa arte. Foi com as 3 irmãs professoras que tive o primeiro contato com esse tipo de dança e não parei mais.

Agora nos firmamos uma parceria com a Shaia Zurah. Estamos realizando ensaios fotográficos temáticos de Dança do Ventre dentro do estúdio da Shaia. Você faz o ensaio fotográfico, pode escolher entre 3 pacotes e utilizar duas roupas e dois acessórios disponíveis no estúdio.

A nossa primeira cliente foi a Daniele Grigorio. Nos reunimos em uma tarde para realização do ensaio com o suporte da própria Shaia e utilizamos todos os espaços disponíveis.

O Estúdio de Dança do Ventre da Shaia Zurah fica em Presidente Prudente na Rua Claudionor Sandoval, nº 1.116.

Vejam abaixo o ensaio.

Mais um casamento bacana que realizamos em Presidente Venceslau. O William e a Juliana decidiram casa durante o fim da tarde em um jardim. Ótima pedida para fotos coloridas e com iluminação diferenciada.

Vejam um pouco do que aconteceu.

1

E chegou o grande dia. Amanhã, dia 25 de março de 2017 é o dia do casamento da Kethely e do Matheus. Um casal jovem, divertido e cheio de amor pela vida. Esse pré-casamento foi fotografado na orla de Presidente Epitácio e no Parque Figueiral.

Um casal que não tem medo de se molhar. Estamos aqui nos preparando para registrar esse grande dia. Enquanto isso vamos mostrar um pouco do ensaio Pré-casamento.

No mês de janeiro tivemos uma exposição em Presidente Prudente com vários retratos de mulheres negras. O projeto se chama "Mulheres em Negro e Branco" e se trata de um trabalho que venho desenvolvendo nos últimos 3 anos. Aproveitando toda a visibilidade que a exposição teve na mídia, um grupo de mulheres de Presidente Prudente me chamou para fotografar um ensaio coletivo com o tema do poder da cultura afro e as mulheres.

Achei a proposta muito bacana, mas fiquei com medo de não dar conta de todas essas modelos em um mesmo dia. Para isso convoquei alguns de meus alunos para me auxiliar nessa experiência.

A brincadeira aconteceu no último fim de semana e teve como cenário o Centro Cultural Matarazzo e seus arredores.

Vejam como ficou a brincadeira.